cross colum 1

quinta-feira, 9 de março de 2017

Hortelã ou menta: como propagar e cultivar em vasos!

  Hoje vamos aprender a cultivar Hortelã em casa, saibam que essa erva é muito simples de ser cultivada e propagada.  Para a produção de mudas escolhemos a técnica da estaquia, que consiste em utilizar uma pequena parte da planta e transforma-la em um novo pé de hortelã acompanhem o passo a passo no vídeo ou no post:







Propagação das Mudas


-Como vimos no vídeo para realizar a propagação precisamos apenas de um galho grosso desta erva de preferência que já esteja com suas gemas brotadas , o ideal é que o galho já esteja escuro e tenha pelo menos 15 cm de comprimento.




-De posse do galho é importante coloca-lo em substrato, como se estivéssemos plantando na horizontal mantendo as brotações para fora da terra como se fossem novas germinações, e enterrar apenas uns 2 cm .


- A mistura deve ser aerada, por isso é importante misturar um pouco de vermiculita ou areia cerca de 30%


-No exemplo utilizamos um pote de sorvete como recipiente mas pode ser usado também uma garrafa pet na vertical. aberta em cima.




- Após o plantio devemos cuidar para que a nossa futura muda não desidrate para facilitar o total enraizamento, por isso mantenha o recipiente num local sombreado, mas que receba luminosidade, e regue o suficiente para manter a terra sempre úmida.


-Em cerca de 30 dias no máximo você já tem a planta bem enraizada pronta para o transplante em local de cultivo definitivo.


Transplante


Para transplantar sua muda com segurança verifique se o seu galho já possui raízes retirando um pouco do substrato do torrão lateralmente ou olhando por fora do recipiente caso tenha escolhido um recipiente transparente.


Retire com cuidado o pequeno torrão e insira num vaso montado com a mistura terra vegetal (50%) húmus de minhoca (40%) e areia (10%), com camada de drenagem de argila expandida e manta.


Em  pouco tempo sua planta tomará conta do vaso, por isso tome muito cuidado com as associações, pois a hortelã é extremamente dominante e sua raízes e caules subterrâneos rapidamente tomam conta de tudo de matam a outra planta cultivado no vaso.


Coloque o vaso num local com pelo menos 3 horas de sol direta, pois a hortelã pode ser cultivada em locais com menos sol desde que haja boa luminosidade.


Nunca deixe sua terra secar, mantenha sempre úmido e promova adubação com boa fonte de matéria orgânica, eu gosto de húmus de minhoca.


A colheita deve começar a partir do momento que as plantas estejam bem desenvolvidas, retirando as folhas que irá usar na culinária.




Sempre enterre os ramos grossos que começam a sair da terra para que esses brotem e gerem mais folhas para o consumo, assim você garante que suas plantas fiquem sempre bonitas.


Espero que tenham gostado do material, se ficou alguma dúvida não exite em questionar, abraço a todos os amigos do Pomar e Horta em Vasos!



Leia alguns outros tópicos do blog:

Siga-nos nas principais redes sociais!







4 comentários:

  1. Junior, vi na Internet que se pegarmos um galho de erva cidreira e colocar na água, vai nascer raiz e folhas novas, aí depois pode plantar que vai crescer. Fiz isso. Mais quando passei pra o vaso ele murchou e caíram as folhas novas. Todo dia rego mesmo assim, mais até agora nada. O que faço?

    ResponderExcluir
  2. Bom dia !
    Junior mora em Brasília e mudei para uma casa com quintal grande mais não tem nada gostaria de fazer uma Horta , plantar árvores frutíferas, mais não tenho noção por onde começar então entrei na internet e gostei muito dos seus ensinamentos vc poderia me ajudar, posso mandar fotos do lote para vc me ajudar .

    ResponderExcluir
  3. Que interessante, aprendi. Uma feliz semana. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Junior, tem como você usar uma medida para mistura de terra, húmus e vermiculita ou areia.Fico confusa com porcentagem kkkkk por exemplo poderia usar por peso.

    ResponderExcluir