cross colum 1

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Como Plantar Pimentas em Vasos!

                   
                       Hoje o blog Pomar e Horta em Vasos vai trazer algumas dicas sobre o plantio de pimentas do gênero capsicum, em nosso canal do youtube já existem diversos vídeos sobre o tema, por isso você pode acompanhar a leitura assistindo aos vídeos pelos links que adicionamos ao post.




                          As pimentas são muito boas para saúde além das vitaminas A, B6 e C também encontramos minerais como magnésio, ferro e potássio.



                     Elencamos a seguir alguns do principais benefícios da pimenta para saúde:

- A pimenta é um excelente anti inflamatório, ajudando a restringir doenças como artrite;

- Como tem vitamina A, é ótima para evitar infecções mantendo a membrana mucosa saudável; 

- Boa também para dietas 100 gramas de pimenta possuem apenas 40 calorias e diminui o apetite;

- Alguns estudos apontam que nossa amiga ardida  pode ajudar também no combate a alguns cânceres devido a substancia capsaicina presente.

- Devido a presença dos capsaicinoides ajuda a quebrar as moléculas de colesterol melhorando a saúde do coração.

- A capsaicina ajuda diabéticos, pois reduz o nível de açúcar no sangue e aumenta as taxas de insulina;

- Suas vitaminas e minerais fazem com que a pimenta seja ótima para a circulação do sangue impedindo a formação de coágulos e bloqueios diminuindo as chances de AVC  e ataques cardíacos.


Como Plantar Pimentas Capsicum !


                          O gênero Capsicum abrange muitas espécies de pimentas diferentes as pimentas podem ser ardidas como o caso da dedo de moça(capsicum baccatus) e malagueta (capsicum florescens),  ou pimentas doces como o caso dos pimentões (capsicum annuum) e ornamentais, usadas para decorar ambientes mas que podem ser muito ardidas também!






                           A substancia presente nas pimentas que lhe dão a ardência é a capsaicina essa substancia em pequenas quantidades nos dá uma sensação agradável devido a endorfina liberada pelo sistema nervoso, contudo existem pimentas atualmente muito fortes no mercado, tais como a pimenta Bhut Jolokia e a carolina Reaper, não aconselho de forma nenhuma o cultivo destas pimentas caso você tenha crianças pequenas em casa, pois isso poderia causar acidentes fatais, caso exista e ingestão excessiva de uma pimenta a forma utilizada para neutralizar a ardência é a ingestão de leite.


                          Para o nosso cultivo e tutorial escolhemos a pimenta dedo de moça, pois é uma pimenta considerada intermediária, sendo também muito saborosa empregada na fabricação de molhos e conservas.




Clima Adequado

                  Mais uma cultura de clima tropical e sub-tropical as pimentas gostam mesmo é de climas quentes,  a maioria das espécies toleram regiões com temperatura até 12 graus célsius,  mais frio que isso pode prejudicar o crescimento da sua planta, por isso aconselhamos o uso de estufas nessas regiões.

                 O ideal é que a planta pegue de 4 a 6 horas diárias de iluminação direta.





Solo Ideal

                   O solo deve ser bem drenado, rico em matéria orgânica, profundo com o pH entre 6 a 7 pode ser plantado facilmente em vasos, mantendo a terra ou substrato úmida não encharcada e totalmente descompactada, recomendamos uma camada de folhas mortas na superfície do vaso para manter a umidade e evitar a compactação.

                  Segue a baixo o link do vídeo que produzimos na hora que estávamos montando o vaso para acomodar nossas mudas de pimentas, para o pessoal que tem dúvida de como preencher o vaso para o transplante das mudas.



Passo a passo para o plantio!



                     Devemos deixar as sementes que podem ser compradas em casas especializadas ou retiradas de um vegetal maduro de um dia para outro em um recipiente com água, descartando as que boiarem durante o período, este processo é interessante para a quebra da dormência das sementes estimulando uma germinação mais rápida.

                   Plante as sementes em copinhos de plastico ou embalagens de jornal para fazer as mudas, enterre cerca de 2 a 3 sementes por recipiente cerca de 1 cm de profundidade e espere a germinação que ocorrerá em cerca de 15 dias.



                  A Pimenteira é uma planta que aceita facilmente o transplante então não é necessário o plantio direto no local definitivo, dessa forma quando as mudas estiverem com cerca de 10 cm e umas 3 ou 4 folhinhas já é possível transplanta-las para o local desejado,

                  Para o transplante de preferência a um canteiro ou um vaso adubado com húmus de minhoca ou esterco bem curtido, retire a muda do recipiente reciclável e incorpore-a no local definitivo tomando cuidado com o sistema radicular para não abalar a muda.



                 Mantenha o vaso num local que receba pelo menos 4 horas de luz solar por dia e regue todos os dias com a quantidade que seja suficiente para apenas manter o substrato úmido, nunca encharcando, importante entender que as pimenteiras são plantas que exigem mais cuidados no cultivo, diferente de algumas outras culturas apresentadas aqui no nosso canal, dessa forma as vezes um simples descuido pode levar sua planta a óbito.


Colheita


                Colha suas pimentas cerca de 80 a 120 dias após o plantio quando elas estiverem vermelhas, ideais para o consumo, o processo começa com a flor que desabrocha, fecha, depois de polinizada nasce a nova pimenta que se desenvolve até mudar de cor, quando está prontinha para o consumo.

Conserva

              Outra Dica interessante é fazer molhos de pimenta ou conserva de pimenta, fizemos dois vídeos no canal tutoriais para a utilização desta deliciosa especiaria, não deixem de dar uma conferida:

  




                    Processo Semelhante é o do plantio do pimentão, a seguir o link do vídeo e do post no blog para quem quiser continuar lendo:

http://pomaremvasos.blogspot.com.br/2016/05/como-cultivar-pimentoes-em-vasos.html

Desde já agradeço pela leitura de todos!


Não deixem também de ler também alguns outros tópicos do blog:
Como germinar mais rapidamente as sementes no Inverno!
Super adubo líquido orgânico caseiro, natural e grátis!
Como cuidar de suas árvores frutíferas em vasos !
Como plantar morango em vasos!
Como Plantar Maracujá !



Siga também nas redes sociais!
Nosso Instagram

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Tudo sobre quiabos, benefícios à saúde e todas as dicas para plantio!



            Abelmoschus esculentos é o nome científico do quiabo, legume muito saboroso e rico tanto em vitaminas (A, , B,C, E e K), como também em minerais (Cálcio, Ferro, Magnésio, Potássio e Zinco) Por isso esse vegetal faz muito bem a saúde tendo diversas serventias para o nosso organismo, tais como:



- Melhora da visão e funcionamento do Figado, devido a quantidade de vitamina A;
- Melhora na digestão devido a quantidade de fibras presentes no legume;
- Previne o aparecimento de Anemias devido a presença de Ferro e Cobre;
- Ajuda na boa manutenção de Ossos e Dentes fortes, por ser fonte de Cálcio;
- Desenvolve e realiza a manutenção do sistema nervoso central devido as vitaminas do complexo B.
- É altamente recomendado para dietas por ter apenas 35 calorias para cada 100 gramas ingerida;
- E por fim e talvez muito importante são as pesquisas que apontam para a utilização do Quiabo para ajudar no controle da Diabetes.



     Por Todos esses motivos elencados acima que entendemos que o quiabo não pode deixar de constar em sua pequena horta e pomar em casa, e por isso hoje daremos algumas dicas importantes para o cultivo dessa cultura tão interessante, mas pouco utilizada nos cultivos dos amigos do canal e do blog em seus quintais.




Como Plantar Quiabo!




                 A espécie mais cultivada no Brasil, é a Santa Cruz 47, planta de médio porte super vigorosa que pode atingir cerca de 2 metros de altura, e produzir por alguns meses sem perda das qualidades.

Clima Ideal


                  Devemos plantar o quiabo em locais quentes, climas tropicais ou sub tropicais, são os mais indicados, com temperaturas superiores a 20° C, caso você viva em um local mais frio é aconselhável o uso de estufa para o cultivo ou se for o caso realizar o cultivo em épocas mais quentes como o verão e a primavera.
                  A planta necessita de pelo menos 4 horas de luz solar direta por dia



Solo ideal


                         O solo deve ser bem drenado, rico em matéria orgânica, profundo com o pH entre 5,8 a 6,5, pode ser plantado facilmente em vasos, mantendo a terra ou substrato úmida não encharcada e totalmente descompactada, recomendamos uma camada de folhas mortas na superfície do vaso para manter a umidade e evitar a compactação.

Passo a passo para o plantio!

- Devemos deixar as sementes que podem ser compradas em casas especializadas ou retiradas de um vegetal maduro de um dia para outro em um recipiente com água, descartando as que boiarem durante o período, este processo é interessante para a quebra da dormência das sementes estimulando uma germinação mais rápida.

- Plante as sementes em copinhos de plastico ou embalagens de jornal para fazer as mudas, enterre cerca de 2 sementes por recipiente cerca de 2 cm de profundidade e espere a germinação que ocorrerá em cerca de 10 dias.

- O quiabeiro é uma planta que aceita facilmente o transplante então não é necessário o plantio direto no local definitivo, dessa forma quando as mudas estiverem com cerca de 10 cm e umas 3 ou 4 folhinhas já é possível transplanta-las para o local desejado,

- Para o transplante de preferência a um canteiro ou um vaso já adubado há pelo menos uma semana com húmus de minhoca ou esterco bem curtido, retire a muda do recipiente reciclável e incorpore-a no local definitivo tomando cuidado com o sistema radicular para não abalar a muda.

- Colha seus quiabos cerca de 85 dias após o plantio quando eles ainda estiverem novos e moles, ideais para o consumo, o processo começa com a flor que desabrocha, fecha e cai no mesmo dia dando lugar a um novo quiabo, que deve se desenvolver por cerca de 7 dias antes de colheita, pois caso a colheita demore muito os quiabos ficam duros e fibrosos impossibilitando o consumo mesmo com o cozimento do alimento.




- Caso você não goste muito da famosa baba do quiabo, especialistas em culinária ensinam que para retira-la facilmente devemos inserir os quiabos em suco de limão por cerca de 15 minutos e depois seca-los totalmente.

Assista também o vídeo sobre berinjelas!



Desde já agradeço pela leitura de todos!


Não deixem também de ler também alguns outros tópicos do blog:
Como germinar mais rapidamente as sementes no Inverno!
Super adubo líquido orgânico caseiro, natural e grátis!
Como cuidar de suas árvores frutíferas em vasos !
Como plantar morango em vasos!
Como Plantar Maracujá !



Siga também nas redes sociais!
Nosso Instagram

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Propagação assexuada Vegetativa ou Clonagem vegetal

                            Nos anos anteriores tratamos basicamente de seis assuntos distintos no nosso canal e blog, os vídeos sobre os temas foram lançados bem intercalados para que todos pudessem acompanhar seu assunto preferido conforme a descrição abaixo:

- Dicas para Fruticultura;
- Dicas para horticultura;
- Reciclagem de materiais para o plantio em vasos;
- Compostagem e Vermicompostagem;
- Preparação de Solos para plantio;
- Manutenção de pomares (poda, irrigação e adubação).

No ano de 2016 além desses assuntos iremos incluir dois novos temas;



- Controle de pragas em hortas e pomares;
- Propagação assexuada Vegetativa ou Clonagem vegetal.









Desses assuntos sairão muitos vídeos interessantes todas as quintas para vocês, e o primeiro vídeo da série de propagação vegetal saiu esta semana no canal do youtube!



Neste vídeo fizemos uma breve introdução dos meios de propagação e resumimos cada um deles para aqueles que ainda não conheçam possam acompanhar os próximos vídeos sem se perder:

São 3 formas mais comuns de propagação vegetal:

- Enxertia


                               Técnica de propagação mais usada onde inserimos uma planta mais sensível e desejada (enxerto) em uma planta super resistente (porta enxerto), dando força ao broto inserido e podando quaisquer brotações no porta enxerto.


Mudas novas de Limão Cravo utilizadas como porta enxerto.



Os tipos mais comuns de enxertia são:

Borbulha:

                                    Técnica muito usada em citros, onde inserimos apenas uma gema  no porta enxerto através de um corte em forma de T invertido.

Garfagem :

                                   Técnica usada em abacates, mangas, uvas e outras culturas, onde abrimos uma fenda no cume da árvore e inserimos um galho no meio em formato de seta para que entre em contato as extremidades do porta enxerto.

Existem várias formas de realizar a garfagem, cada cultura possui uma melhor opção a ser usada.






-Alporquia


A alporquia consiste em produzir raízes em um dos galhos de uma árvore para que após o processo de enraizamento possa cortar aquele galho (alporque) cheio de raízes e planta-lo em seguida mantendo assim todas as características daquela planta, produzindo assim um perfeito clone!

Nessa técnica retiramos um anel da casca do galho da árvore desejada e inserimos no local um musgo ou substrato regado por solução enraizadora para que as novas raízes possam se acomodar no local.


- Estaquia


                   Por fim temos a estaquia que também necessita de alguns galhos de uma árvore, mas nesse caso cortamos fora, e fazemos preparação  em um enraizador e em seguida plantamos em substrato preparado, para que este galho adquira raízes diretamente na terra,

 Importante salientar que não são todos as culturas que aceitam esse tipo de propagação, pois em alguns casos os galhos apodrecem antes de criar raízes.





Ao longo do ano iremos trazer para vocês os vídeos para a realização de todos os processos assim como dicas e macetes para que seja obtido a maior porcentagem de êxito possível, não deixem de assistir aos próximos vídeos .

Desde já agradeço pela leitura de todos!


Não deixem também de ler também alguns outros tópicos do blog:
Como germinar mais rapidamente as sementes no Inverno!
Super adubo líquido orgânico caseiro, natural e grátis!
Como cuidar de suas árvores frutíferas em vasos !
Como plantar morango em vasos!
Como Plantar Maracujá !



Siga também nas redes sociais!
Nosso Instagram